Sábado, 27 de Novembro de 2010

 

O renomado actor britânico Ralph Fiennes, que interpretou o personagem Voldemort em Harry Potter, revelou numa recente entrevista ao site AceShowbiz o quanto é difícil ter ter de se transformar no seu personagem, tendo tanta maquilhagem para colocar durando muito tempo para pôr e tirar.

Ralph ainda fala de algumas situações difíceis elas quais passou, tanto nos sets de filmagens, quanto nas pausas para almoços ou lanches.

"Foi muito difícil porque (...) eu não podia ter um intervalo daquela situação. Além das próteses faciais, a minha personagem ainda tinha uma carreira de dentes falsos. Quando todos tinham uma pausa para o lanche, eu não podia comer. [...] Ao menos eu podia urinar (...), eles deixaram um espaço na minha roupa para que eu pudesse fazer isso."

Além disso, em entrevista ao MTV News, Fiennes falou um pouco do perfil do personagem:

“Você tem que ter a totalidade da sua maldade em mãos. Ele é como o diabo. [...] Isso ajuda a entender quem você está a interpretar. Olha-se para o espelho, vê aquele rosto e diz ‘eu sei quem eu sou’.”

Fonte: ScarPotter


Quinta-feira, 25 de Novembro de 2010

 

O site Omelete, em parceria com o Collider, esteve em Londres e conversou com o realizador David Yates. Na entrevista, Yates falou sobre a decisão de dividir o sétimo livro em dois filmes, sobre a desistência do 3D neste primeiro filme e a conversão de pós-produção do segundo, além do processo de actuação. Lê um excerto:

 

Falando no segundo filme, muitos fãs estão ansiosos pela Batalha de Hogwarts. Já deve ter feito o primeiro corte dessa cena. Será uma sequência de 10 minutos ou 30 minutos. Qual o tamanho dessa batalha?

"Ela é alternada com a busca de Harry pelos Horcrux. Pessoalmente, não sou um grande fã de batalhas, mas gosto destas, acho que são óptimas. Porém, estou interessado nos personagens e na história deles. Mas temos, sim, uma grande batalha, há o suficiente. Não consigo definir em tempo, mas todo o segundo acto é bem grande. Na verdade, o filme todo é bem grande. Mas sinceramente, Steve [Kloves, argumentista] não é um grande fã de batalhas, eu não sou um grande fã de batalhas, mas sou mais fã que ele, então fiz pressão por estas cenas. Steve adora personagens e as suas nuances. Eu também gosto, é claro... Mas temos batalhas."

 

Fonte: ScarPotter


Quinta-feira, 28 de Outubro de 2010

 

 

 

Se estás desesperado para ver "Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 1", não és o único. Daniel Radcliffe, fã de "Potter" teve uma reacção emocional ao trailer de "Talismãs da Morte: Parte 1".

 

O Hero Complex, que tem vindo a fazer uma contagem decrescente para Harry Potter e os Talismãs da Morte parte 1 publicou uma entrevista com Daniel Radclfife, na qual ele revela os seus sentimentos acerca da aproximação de mais um filme de Harry Potter.


Radcliffe, admite estar bastante ansioso, para dizer pouco. Lê:

 

“Quando vi o trailer, quase chorei. Estava tão feliz. Quando se trabalha num filme há tanto tempo, filmando por meses e meses, esquece-se metade do que se fez e perde-se a visão da totalidade do filme. É um grande processo em que se começa a ficar preocupado e a pensar se o que se fez irá satisfazer as expectativas. Algumas vezes, perde-se a visão. Não se sabe o que se fez e o que se obteve. Era assim que eu estava quando vi o trailer. Eu vi e disse “Oh meu Deus, vai ser espectacular. Nós fizemos isto. Fizemos tudo bem e será óptimo”. Foi um momento muito feliz. Eles mostraram-nos no último dia de gravações e nós ficamos excitados. Nós demos este elogio. Agora estou como toda a gente: desesperado para ver o filme. E estou desesperado para que os fãs vejam o que nós fizemos.”


O sétimo filme estréia no dia 18 de Novembro em Portugal e dia 19 no Brasil!


Quarta-feira, 27 de Outubro de 2010

O actor Daniel Radcliffe (Harry Potter) deu uma nova entrevista à Associação Americana de Livrarias, onde falou sobre a influência e o sucesso dos livros da série Harry Potter, sobre o filme Harry Potter e os Talismãs da Morte, etc.

Acha que Harry Potter e os Talismãs da Morte é um dos melhores livros da série?

"O meu favorito é o quinto, Harry Potter e a Ordem da Fénix, porque envolve o relacionamento de Harry com Sirius Black, o personagem mais interessante da série. Mas Talismãs da Morte também é um dos melhores livros. J.K. Rowling estava sobre grande pressão para acabar a saga, mas ela é uma mulher de muitas convicções e ela escreveu um último livro que ao mesmo tempo teve o seu padrão de qualidade. Ela sabia que daria aos fãs o final que eles queriam."

 

Os dois filmes de Talismãs da Morte serão os melhores da série?

"Têm de ser. Precisamos que a série termine estrondosamente, em reconhecimento aos fãs que apoiaram os filmes e livros ao longo dos anos."

 

Obrigado Oclumência!


Segunda-feira, 18 de Outubro de 2010

 

 

 

Nas imagens que foram surgindo até agora de Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 1, observamos que a personagem Hermione Granger terá uma cena adicional no filme, que no livro é apenas citada. Na obra escrita por J.K. Rowling, Hermione revela a Harry e  a Ron que enfeitiçou os pais enquanto no filme, o realizador David Yates decidiu introduzir esta cena no argumento da longa-metragem. Tal cena foi descrita pela actriz Emma Watson numa nova entrevista para a SFX Magazine, que divulgou a informação ontem.

 

Emma Watson comentou que a cena é muito importante para mostrar o sacrifício que a personagem tem de passar para proteger os seus pais de Lord Voldemort. Segundo o artigo disponível no site, a actriz comentou:

David Yates [realizador] pediu a Steve Kloves [Argumentista] para escrever essa cena amorosa no ínicio do filme e que não está no livro, mas acho que esta cena é muito importante para a Hermione. Ela apaga as memórias dos pais no intuito de partir e começar a aventura com Ron e Harry. Ela sabe que Voldemort poderia tentar usar os pais dela como um dispositivo para a atingir de alguma forma, o que significa que eles podem estar em caminhos perigosos. Assim ela apaga a memória deles para que eles se esqueçam dela e que ela nunca tenha existido. Todas as fotos dela na casa desaparecem. É uma maneira muito difícil para o filme começar, mas é muito importante ver os sacrifícios que ela tem de fazer.”

No mesmo artigo, a SFX afirmou numa entrevista com Rupert Grint e Warwick Davis que a barba de Ron é verdadeira e que na segunda parte de Talismãs da Morte o foco no confronto entre Harry e Voldemort é bem maior do que no livro:

A nova edição da SFX também revela que a barba de Rupert Grint era real (“Eles tentaram fazer [a barba] com fios de cabelo, mas não deu resultado…”) e que Warwick David ajudou a contractar 60 duendes para uma cena em Gringotes e que o último filme dá muito mais relevo no confronto final de Harry/Voldemort do que o livro.

Obrigado Oclumência!


Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010

 

Na última edição da revista alemã Bravo, o actor Rupert Grint comentou sobre a tensão de filmar as últimas cenas de Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 2. Ele comentou também sobre os seus projectos para o futuro da sua carreira artística, bem como a saudade que tem dos seus companheiros/amigos que se despediu no final das filmagens.

 

Lê a entrevista aqui:

 

Entrevista com o Rupert Grint para a Revista Bravo


Mas eles se reaproximam novamente?
Rupert: É claro! Pode vê-los na segunda parte, 19 anos depois – eles aparecem comas esposas, Hermione e Ginny, e crianças na Estação King Cross para enviá-las para Hogwarts.

Já que Ron está com 37 na época [do epílogo], foi você mesmo que o interpretou?
Rupert:
Claro! Mas a cena foi extremamente estranha de filmar. Nós estávamos plastificados com a maquilhagem para parecermos mais velhos. Eu fiquei realmente feio com a minha mega-testa.

E como essa cena ficou?
Rupert:
Incrível! Mas a minha cena favorita é a grande Batalha de Hogwarts.

Hogwarts será destruída durante a luta?
Rupert:
Não só a escola, uma boa parte do set estava repleta de destroços. (risos)

É verdade que as filmagens duraram mais tempo que o esperado por sua causa?
Rupert:
Ah, sim. Eu tive de rir diversas vezes e não conseguia recuperar muito rápidamente. É por isso que tiveram tantas interrupções.

E não conseguia fazer nada para parar os ataques de risos?
Rupert:
O elenco tentou. Todas as vezes que eu começava a rir, eu ganhava um ‘cartão amarelo’ e tinha que pagar 2 euros e quando ganhava um vermelho, 5. No final foram acumulados 230 euros, gastos numa boa causa.

As filmagens acabaram. Já sente a falta de Harry Potter?
Rupert:
Totalmente! É o final de uma era. Sinto falta também do meu camarim. Tinha uma mesa de ping-pong… Tão fixe!

Sente falta dos seus colegas?
Rupert:
Claro que sinto! Harry Potter representou 10 anos da minha vida, mas todos nós iremos manter o contacto. Encontro-me muitas vezes  com os gémeos Phelps, que interpretaram os meus irmãos Fred e George nos filmes, para jogar golfe.

Já existem planos para o futuro?
Rupert:
Talvez vá desenhar bonés, ou serei um vendedor de sorvetes, estudando arte… veremos…

Porque um vendedor de sorvetes?
Rupert:
Eu tenho uma carrinha de sorvetes. Sempre quis ter um carro de sorvetes. Mas eu não conduzo com muita frequência, porque todos pensam que eu realmente vendo sorvetes (risos).

Você possui outras coisas incomuns?
Rupert:
Eu tenho um uniciclo desde criança. Eu realmente estava dentro de um circo. Foi muito difícil aprender a andar…

Continua a morar na Inglaterra?
Rupert:
Sim, continuo a morar com meus pais em Hertfordshire, norte de Londres – juntamente com os meus irmãos.

Uma estrela como você, continua a morar em casa? Isso é fixe! Tem planos para sair de casa em breve?
Rupert:
Talvez, algum dia. Mas de momento, acho óptimo. É muito mais fácil do que viver sozinho. Nós  damos -nos muito bem, tenho a minha roupa lavada. É simplesmente óptimo!

E o que sua namorada pensa sobre isso?
Rupert:
Eu estou solteiro, então continuo à procura.

E como a sua rapariga dos sonhos deve ser?
Rupert:
Eu não ligo muito ao visual. Gosto de raparigas que são alertas e um pouco loucas. Do mesmo modo que eu sou.

 

Obrigado Oclumência!

publicado por harrypotterpt às 21:51

Domingo, 03 de Outubro de 2010

Obrigado ScarPotter!

Segunda-feira, 27 de Setembro de 2010

 

A Arts Desk disponibilizou uma nova entrevista com o actor Michael Gambon, responsável pela personagem Albus Dumbledore, na qual ele fala sobre a sua carreira e um pouco sobre a série.

“O que fez para herdar o desempenho de Richard Harris?”
Nunca ninguém falou sobre isso comigo, nem uma palavra. Quando entrei no estúdio para gravar Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, o qual foi realizado por Alfonso Cuarón, falava com o meu sotaque irlandês. O primeiro (Richard Harris) era irlandês, também. Apenas dei um leve toque da Trinity College Dublin. Eu fiz isso e Alfonso disse: “Qual é o sotaque daqui?”. Falei que era irlandês e ele disse que tudo bem. Ninguém jamais mencionou isso.

 


Domingo, 12 de Setembro de 2010

Esta semana, o elenco de "Harry Potter e os Talismãs da Morte - Parte 1" concederá uma entrevista exclusiva no Facebook e, segundo novas informações do Harry Potter UK (perfil oficial da série na mídia social), um novo "concurso" proporcionará aos fãs a oportunidade de fazer perguntas que sempre quiseram para seus ídolos.

Veja a proposta:

 

"Sempre quis fazer uma pergunta para Tom Felton, Bonnie Wright, Evanna Lynch, Matthew Lewis ou James e Oliver Phelps? Bem, como o perfil Harry Potter UK tem alguns dos fãs mais sortudos do mundo, aqui está sua chance! Nós preparamos nossas Penas de Repetição Rápida, então envie as suas perguntas abaixo e elas poderão ser feitas numa entrevista exclusiva no Facebook na próxima semana!"

 

Para participar, entre numa conta do Facebook e posteriormente na página oficial escrevendo e enviando as suas perguntas em inglês.

 

Obrigado ScarPotter!

publicado por harrypotterpt às 21:41

Domingo, 01 de Agosto de 2010

 

O blog Hero Complex, do jornal LA Times, entrevistou o actor Daniel Radcliffe que falou sobre o projeto mais recente que tem em mãos, o filme de temática sobrenatural: "The Woman in Black".

 

Entre os assuntos abordados, falou acerca dos desafios encontrados para dizer o adeus definitivo ao personagem de maior sucesso do actor, Harry Potter.

 

"A trabalhar é como passarei melhor esta época tão estranha. Sei que é a coisa mais construtiva que posso fazer porque estaria por aí a sentir-me miserável e dizendo sempre "Ah, sinto a falta de todos...". Então, até estou agradecido por ter um próximo projecto, o próximo desafio.


Realmente, as pessoas só viram o meu rosto com uns óculos... isto vai mudar neste filme. Preocupa-me, mas o desafio desta vez é parecer um pai, um pai jovem. Se conseguir fazer isto bem, então terei imediatamente separado de Harry. O argumento é tão bom e os personagens são tão transparentes; existe, na verdade, menos pressão em mim por sempre parecer "diferente", se entende o que digo; em outras palavras, uma vez que as pessoas estão dentro da história, estarão a assistir a este filme tão persuasivo e vão parar - espero eu- de pensar em mim."

 

Obrigado Scarpotter!



mais sobre mim
Tradutor
pesquisar
 
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Links
Pub
Chat
Últ. comentários
ATENÇÃOGente estão sendo abertas vagas para uma no...
Olá!O blog High School Musical 4ever mudou de visu...
JÁ envie um e-mail para vocês com o logótipo de pa...
O video foi removido :S
Leitor de Música

Pensatório

Get your own Poll!
Redes Sociais
ELITE